OS FRANCISCANOS E OS JOVENS VÃO APRESENTAR O NOVO DOCUMENTO DO PAPA FRANCISCO

Os franciscanos do Convento de Varatojo e os jovens dos vários movimentos da Vigararia de Torres Vedras vão apresentar o novo documento do Papa Francisco, a Exortação Apostólica Pós-Sinodal “CRISTO VIVE”.

Esta apresentação será presidida por D. Daniel Batalha Henriques, Bispo Auxiliar de Lisboa. Será na próxima terça-feira, dia 9 de abril, às 21:00h, no Convento de Varatojo, em Torres Vedras.

Este documento é dirigido aos jovens e a todo o povo de Deus. Recolhe os principais contributos das dinâmicas sinodais, mesmo até de não-crentes. Está centrado na realidade juvenil, sem esquecer outras realidades concretas de todos, e de todos os dias.

«Tudo aquilo que Cristo toca torna-se jovem, faz-se novo, enche-se de vida. […] Ele vive e quer-te vivo!» (nº 1).

Quaresma no Convento

Os franciscanos do Convento de Varatojo (Torres Vedras) vão iniciar mais um ciclo de 3 retiros quaresmais. O primeiro será já no próximo dia 9 (sábado), e os seguintes nos dias 23 de março e 06 de abril. Terão início pelas 9h30 e terminarão pelas 17h30.

Para efeitos de organização, nomeadamente quanto ao número máximo de participantes e almoço, os interessados devem fazer a respectiva inscrição até à véspera pelos contactos: 261 330 350 (telefone) ou geral@conventovaratojo.pt (email). Desejando, podem obter mais informações, via internet, na página do Convento: www.conventovaratojo.pt. Os temas dos retiros serão diversificados e tendo como base o Evangelho de S. Lucas.

Esta iniciativa insere-se já no conjunto dos eventos comemorativos dos 550 anos  da fundação do Convento, um dos mais históricos conventos franciscanos do nosso país, com uma comunidade residente, e pretende dinamizar o espaço como casa de espiritualidade e oração para todos.

Informamos ainda que, no âmbito da vivência quaresmal, iremos dinamizar a devoção da Via-sacra ou outras semelhantes, aos domingos, em novo horário: das 18h30 às 19h30. No dia 10 de Março iniciamos esse exercício espiritual com a “Oração à Cruz” segundo a metodologia ecuménica de Taizé.

Leitura espiritual do Evangelho de S. Lucas no ano de Rembrandt

Caros irmãos e irmãs,

Saudações fraternas de paz e bem.

Os Franciscanos do Convento de Varatojo (Torres Vedras) vão iniciar, no dia 26 de fevereiro, uma proposta de leitura espiritual do Evangelho de S. Lucas, ano da celebração dos 350 anos da morte de Rembrandt (1606-1669), pintor que muito se inspirou neste livro bíblico.

Esta proposta consiste numa leitura de conjunto com base no texto evangélico e outra leitura mais aprofundada de algumas narrativas entre as mais trabalhadas por Rembrandt, nomeadamente Lc 24, 13-35 (o ressuscitado com dois discípulos a caminho de Emaús) e Lc 15, 11-32 (o pai misericordioso, o pródigo e o irmão).

Para efeitos de organização, nomeadamente no que se refere ao número máximo de participantes, os interessados podem fazer as suas inscrições, sem qualquer custo, conforme as indicações do cartaz enviado. Os encontros decorrem nos dias que constam no mesmo cartaz de divulgação.

Esta iniciativa insere-se já no conjunto dos eventos comemorativos dos 550 do Convento de Varatojo, um dos mais históricos dos conventos franciscanos do nosso país, com uma comunidade residente.

Os azulejos da nossa escadaria

Como foi do conhecimento de muitos dos nossos amigos, o Convento de Varatojo resolveu também participar no último orçamento participativo recentemente organizado pela Câmara Municipal de Torres Vedras. Muitos se interrogarão: Qual o resultado obtido?

O nosso Projeto visava a conservação e restauro dos azulejos existentes na escadaria que conduz ao átrio da igreja e portaria do Convento. Azulejos do séc. XVIII, trazidos da igreja da Graça, em Torres Vedras, após sucessivas transformações que nela ocorreram desde 1834. Além dos estragos já causados nessa mudança e transporte, em 1910, por ocasião da implantação da República, os mesmos foram alvo do outros atos de vandalismo. Posteriormente, as condições atmosféricas (e não só) ao longo de mais de cem anos trataram do resto.

Quando foi anunciada a candidatura para o Projecto participativo da Câmara do ano em curso, resolvemos ativar a nossa candidatura. Esperávamos que a nossa freguesia, sendo a freguesia com maior número de eleitores, fosse mais sensível a esta “campanha”, o que infelizmente não aconteceu, pois não foi contemplada com qualquer dos projetos apresentados! Dá que pensar! Durante a nossa campanha, cerca de 90% das pessoas abordadas não tinham conhecimento da existência do “Orçamento participativo” nem sabiam como votar!

No final, dos diversos Projetos apresentados, foram 7 os contemplados. O nosso, entre os 38 que concorreram, ficou em 10.º lugar, com 699 votos. Resta-nos agradecer a todos os que trabalharam nesta campanha e votaram no Projeto apresentado pelo Convento de Varatojo e dar o parabéns ao vencedores mas também aos vencidos, pois quer uns quer outros alertaram a população para necessidades de vários tipos. Para o ano há mais, se Deus quiser.

Entretanto, depois de termos apelado à Câmara Municipal para a urgência desta intervenção, recebemos a aprovação de 4 mil euros. Com este dinheiro vamos conseguir manter os vidrados fixados por mais tempo e utilizar biocidas que impeçam o avanço da sua degradação. Esta intervenção dar-nos-à tempo para continuar com outro tipo de campanhas de angariação de fundos. Ao Sr. Presidente da Câmara, Dr. Carlos Bernardes, o nosso reconhecido agradecimento. Informamos os nossos leitores que pretendemos continuar outros trabalhos de conservação do Convento tendo em vista a celebração dos 550 anos da sua fundação (1470-2020). Se tiver gosto em nos ajudar através do mecenato ficaremos muito gratos, assim como todos os nossos visitantes.

Até 4 de Outubro

Paz e Bem a todos os nossos visitantes, de modo especial, a todos os eleitores no Concelho de Torres Vedras.

Está a decorrer até dia 4 de Outubro, curiosamente dia de S. Francisco de Assis, mais uma edição do Orçamento Participativo. Este ano decidimos concorrer. A nossa proposta, número 18, visa conservar os azulejos oitocentistas, que se encontram na escadaria do Convento. Aqueles que já nos visitaram sabem que é uma obra importante e de interesse público.

Pedimos o favor de nos apoiarem, caso concordem com este projeto.

Obrigado.